Páginas

sábado, 25 de setembro de 2010

passa uma hora , passam duas horas , passam três horas , passam muitas e muitas horas ... passam dias, passam meses , passam-se anos... e passaram-se dois anos e cinco meses, desde a primeira vez que eu disse que te amava, disse um dia depois de me teres dito, está bem gravada na minha memoria aquele 24 de Abril de 2008, aquelas tuas palavras... mas hoje passados dois anos e cinco meses os meus sentimentos são os mesmos, amor e medo, e sei que foi por esta hora que te disse que te amava e que não te queria perder, incrível como nada mudou desde então não é ? mas é verdade, continuo a amar-te e continuo a ter medo de te perder e a ter medo que me percas. mas eu sei que vamos ser fortes e vamos superar isto , esta distância.

amo-te mais que tudo , meu amor !

« o que acontece quando conheces o homem certo, na cidade errada? ;
namoramos a distância, estou louco por ti ! » quero muito ver este filme , com o F. !

2 comentários:

Catarina disse...

Como eu entendo que continues a sentir esse medo é perfeitamente normal quando se ama verdadeiramente uma pessoa.

Beijinho *

Mariana Santos disse...

Os Fernandes são os melhores :D