Páginas

terça-feira, 9 de novembro de 2010

que paz.



hoje acordei com uma voz a chamar : «andreia, andreia, andreia , acorda andreia» , uma voz distante muito distante, eu sentia-me leve e com uma paz incrível, durante um bom tempo não houve nada na minha mente, foi uma sensação boa e calma , não sei o que aconteceu, só me lembro de ter tapado a cabeça com a almofada, para não ouvir barulho, não me lembro de ter voltado a adormecer, quando finalmente voltei a mim acordei em pânico e enchi os pulmões de ar, a primeira coisa que pensei foi em ti e depois olhei para a minha mãe, estava escuro mas ela parecia que estava a chorar. será que foi hoje, que eu te fui visitar por momentos? 


amo-te e tenho imensas saudades tuas, fazes-me muita falta !

8 comentários:

catts ღ disse...

está bonito, querida...

- joanarocha disse...

adorei .

PauloMitchell disse...

está tão sentido o texto ..

e como eu te compreendo <3

anacaroliina. disse...

pois :|

Catarina disse...

Muito obrigada! Já temos algo em comum :')
Esta música também é muito especial para mim, deve ser das que mais marca tudo o que passei com o meu ex! :/

Catarina disse...

Obrigada por seguires :')

SaraGomes disse...

Obrigado por me seguires (:
gostei do blog*

Catarina disse...

Oh que belissimo texto , ainda bem que no meio de tudo aconteceu uma coisa boa. Mas compreendo tão bem o que dizes.

Beijinho *