Páginas

domingo, 19 de dezembro de 2010

it's all about love , it's all about you.


eu poderia escrever sobre tanta coisa nesta noite fria de sábado, talvez sobre o tempo, sobre a crise ou sobre o natal... mas realmente são assuntos que me deixam aborrecida, estou farta do frio, cansada de ouvir falar sobre o orçamento de estado para 2011 e da triste realidade pela qual o nosso país está a passar, e quanto ao Natal, eu não gosto assim tanto do Natal. Decidi escrever sobre ti, tenho as mãos mornas e o coração quente, ultimamente tens mantido um certo calor dentro do meu peito, do meu lado esquerdo. É a tua presença, tens estado mais comigo do que á uns tempos atrás e embora ainda não seja na quantidade que eu desejo e da forma que desejo, é o suficiente para me sentir feliz, no meio de tantas coisas que me deixam triste. Tu és a esperança que o dia de amanhã talvez seja melhor, mais quente e mais solarengo, tens de me mandar dentro de uma garrafinha de vidro de ai de onde tu estás uns raios de sol com uma pequena nota a dizer “este é só um pouco do calor que o meu amor te pode dar”… E talvez sejas a minha porta de saída para fugir deste país, quem sabe, mas não é por isso que eu estou contigo, eu ficaria contigo em qualquer sitio do Mundo, nem que tivesse de ser dentro de um Globo de Gelo em pleno Pólo Norte, acredita que seria uma valente prova de amor. Acho que só não me podes livrar da angustia do Natal, eu vou na rua e vejo aqueles casais todos apaixonados e penso , tu não estás aqui comigo e eu queria tanto mas tanto que tu fosses a minha prenda de natal, tu e o pacote inteiro repleto de beijos, abraços e muito muito amor. Será que tu te podes oferecer a ti mesmo, a mim? Tu disse-te que me querias para o Natal e eu quero-te a ti, por isso havemos de encontrar uma solução, apesar de já termos falado dela, vezes e vezes sem conta. É dia 19 de Dezembro, é um bom dia não? Costumas dizer que o 4 é mais importante, não nego… mas e se o 19.04 não tivesse existido? Nunca me terias conhecido, nem eu a ti e provavelmente agora não seriamos metade do que somos. Espero bem poder fazer minhas as tuas palavras, mas eu tornei-me melhor pessoa desde que estou contigo e ai eu tenho de afirmar que tu também, muito melhor pessoa.
Sabes uma coisa?! Eu sei que nada, mas nada nos pode separar, porque para além de ninguém separar a Terra do Mar, ninguém separa a Terra do Luar.
Estas são as minhas palavras mais honestas no dia de hoje.
Acrescento também que embora tenhamos falado a tarde já sinto uma falta considerável da tua pessoa. Podias entrar com aquele teu jeito tão especial e transformares-me em fogo de artifício. 

És tão especial , és tão único , és tão meu, sempre!
Eu amo-te mais que tudo , meu Filipe Fernandes , muito mais que um namorado, muito mais que um melhor amigo, és o homem da minha vida!

2 anos e 8 meses de puro conhecimento , obrigado Deus *-*

8 comentários:

joanaa (: disse...

que lindo *.*

yasmim disse...

ai que lindo *.*
obrigada por acreditar :_

yasmim disse...

mesmo :)
óh claro que tenho (L)
amo a música !

joanaa (: disse...

acredita que vou sempre fazer isso !

yasmim disse...

onh que fofura (L)
mesmo linda (:

Catarina disse...

Oh que palavras tão belas, nem sei bem o que dizer *.*
Comigo esta tudo bem querida

Beijinho *

simple mind disse...

Oh blog está deveras lindo :)
E o texto também oh :')

yasmim disse...

é verdade *.*