Páginas

domingo, 8 de abril de 2012

.

Querido coração , mais uma vez te escrevo para te dizer o quanto sinto a tua falta nestes dias de cansaço em que a saúde não abunda e a paciência se esgota. Não sei se não sabes ou se não queres saber mas fazes-me mais falta do que um dia de Sol em pleno Inverno e mais falta do que um dia de chuva num Verão de temperaturas sufocantes. É , parece que após todos estes meses eu continuo no mesmo lugar, aqui ... por ti. Lamento todos os dias que tu continues no mesmo lugar mas que não seja comigo ao teu lado. Sinto a falta das tuas palavras , das tuas brincadeiras e dos momentos que nunca tivemos. Sinto falta do teu ser , da tua pessoa. É coração , é lixado sentir falta. Porque doí demais e mata demais , mas quero que saibas que eu continuo aqui todos os dias e que tu continuas bem vivo em mim mesmo que até me tenhas esquecido , mesmo que o teu eterno amor por mim se tenha desvanecido como cinzas num dia de vento. Eu estarei aqui , sempre , sempre . No banco daquele jardim , na esquina daquela cidade. Onde tu menos esperares e onde tu mais desejares que eu esteja , eu estarei. Não parei a minha vida, segui com ela em frente mas quando tu eras tudo nela não podia deixar isso para trás , continuas comigo neste longo caminho. Não fiques a pensar que te esqueci só porque as palavras não são tantas. Não é falta de amor, é falta de memoria para utilizar as palavras certas sem ser mal interpretada. Talvez eu dê uma chance a alguém de me fazer feliz , talvez eu abra o meu coração ... mas esse «alguém» nunca será o verdadeiro «alguém» porque esse é o teu lugar e sempre será , passe o tempo que passar será o teu estatuto . Tu és o meu alguém , a minha pessoa mesmo que as nossas vidas não se voltem a cruzar , mesmo que o nosso destino tenha chegado ao fim. Guardo-te em mim , o bom e o mau. Guarda-me em ti , por inteiro. Ainda te amo , muito.



(sim , sou eu na fotografia. )

11 comentários:

TimTim disse...

Não estou a gostar nada disto, estás muito em baixo. Se precisares de alguma coisa, sabes que podes falar. Animo rapariga

paula. disse...

que lindo, fofinha :)

ana disse...

adorei dédé :) força minha querida*

sophie disse...

adoro e és linda!

Sara C disse...

está lindo. ele marcou-te imenso, e nota-se nas tuas palavras. força*

madalena ♥ disse...

adorei*

Maria Inês disse...

adorei, está lindo :)

maria sousa disse...

Aww estou bem e tu? (:

http://contemporaryliveshere.blogspot.com/

Queen of the bitches disse...

Nunca te prendas ao que já foi, apenas guarda o que for bom de recordar, mas também nunca esqueças do que te fez seguir em frente.
Já é hora de te permitires ser feliz, de dar uma oportunidade a outro alguém de continuar e até melhorar o que ele não quis ou não foi capaz de fazer. Ele pode ainda viver em ti, mas a vida é tua e as escolhas são tuas, afinal de contas...ele também fez a dele.

ana minhalma disse...

adoro adoro adoro o teu blog e és linda! estou a seguir-te, se quiseres/gostares segue-me também. um grande beijinho :))

Queen of the bitches disse...

Basicamente na mesma situação que tu, a tentar seguir em frente sem arrumar totalmente com o passado. Pode ser que um dia, todo o passado valha a pena :)