Páginas

sábado, 22 de dezembro de 2012

him.


E foi quando menos eu esperava , quando a esperança se tinha desvanecido que o amor me encontrou.
Que tu fizeste valer a pena, nunca vou esquecer a nossa primeira conversa , os nossos primeiros sorrisos e a forma que os teus olhos brilhavam. Nunca te vou esquecer , nem apagar-te de mim mesmo que a distância seja grande e que os nossos corpos estejam separados, os nossos corações estarão sempre onde devem estar. No peito um do outro, o meu no teu e o teu no meu. Amo-te !

«O meu coração vai sempre dizer-me o caminho de volta para ti.»

1 comentário:

Sofia Alves disse...

Nem imaginas o quanto eu fico feliz por ti, acredita.
Parece que todas as vezes que te magoei com as minhas palavras tiveram algum efeito na origem da tua felicidade de agora. É muito gratificante ver-te hoje apaixonada, REALMENTE apaixonada. Sê feliz, de corpo e alma :)