Páginas

sábado, 21 de agosto de 2010

sim, eu tenho medo (demais) mas quem não o têm?
eu tenho medo (demais) que quando vais, não voltes. 
eu tenho medo (
demais) de errar e te perder.
eu tenho medo (
demais) da minha vida sem ti.
eu tenho medo (
demais) porque tu és tudo aquilo que conheço.
eu tenho medo (
demais) porque te amo (demais) e não me canso que cada dia que passe seja mais (demais). 


Amo-te, F.

5 comentários:

JoanaaRochaa disse...

que lindo .

IsabelSilva disse...

todas as palavras encaixaram como um puzzle.
o texto está lindo, parabéns.

Andreia Meireles disse...

tanto amor :$

Andreia Meireles disse...

a vontade de escrever ainda não é muita, como podes ver pelos meus textos, mas estou a ver se as palavras se aguentam para depois deitar tudo cá para fora :$

IsabelRamos disse...

Escreves mesmo bem honey, tens talento. Um dia temos de marcar uma sessao as duas (: