Páginas

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

18 # Carta para a pessoa que tu desejavas ser

Andreia Cartaxo,
és exactamente a pessoa que um dia eu desejei ser, se fosses o que antes eras eu não desejaria ser como tu, por vários motivos antes eu não te admirava, mas agora és exactamente o que um dia sonhei que fosses. Não que antes não fosses forte ou lutadora, mas agora tu és muito mais forte e muito mais lutadora, não tens tanto medo como antes, embora ele ainda exista em ti... Mas o medo é algo normal no ser humano, não é por isso que te vou admirar menos. Tu és boa amiga, tentas dar sempre o melhor de ti mesmo que por vezes saias magoada da situação é raro desistires de alguém ou de algo e só o fazes quando não existe mais caminho pelo qual seguir. Tu és uma sonhadora, mas sonhas na dose certa e recomendada e já não te iludes com a facilidade com que antes te iludias, agora embora sejas um pouco mais fria e arrogante, não só contigo mesma mas por vezes com pessoas que não conheces ou com aquelas que conheces, não é por isso que deixas de ser uma boa pessoa... Porque quem te conhece bem, sabe que se assim o és é porque tens um motivo muito forte, agora entregas-te mais a realidade, fazes projectos mas com todas as hipóteses sejam elas as que mais te agradam ou desagradam. Tens os pés no chão e a tua maneira de ser não é perfeita, mas sendo tua torna-se especial.
Embora eu deseje muito ser eu mesma, embora eu me orgulhe da pessoa que me tornei... Existem coisas que tenho de mudar, não para ser perfeita mas sim para ficar mais perto desse nível e de dia para dia, eu trabalho nisso, com esforço e com ajuda de algumas pessoas. Para que um dia, alguém possa escrever esta mesma carta, sobre mim.
Não desejaria ser nada além daquilo que sou a cada dia que passa.


P.s.- Amo-te mais que tudo, meu Filipe ! 

5 comentários:

Catarina Bessa disse...

Obrigada querida. Este tmbm está lindo (:

- joanarocha disse...

sei bem que nao .
adorei .

Rachel disse...

é lindo aquele filme :)

Mariana Santos disse...

Bastante :s

Mariana Santos disse...

Eu acho é que não vai chegar.