Páginas

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

medos.

(a fotografia é da minha autoria, caso alguém a queira usar , que me informe , por favor )

Eu também tenho medos, eu tenho medos em demasia e tenho momentos de fraqueza, mais do que aqueles que alguma vez desejei vir a ter. Eu sou humana, não sou nenhuma heroína com super poderes, sou apenas humana, sou feita de carne e osso e se me cortarem eu sangro, se me magoarem eu choro e o meu coração é tão frágil como um copo de cristal, se cair quebra-se, porque eu sou humana. Eu respiro, eu suspiro e sustenho a respiração. Eu grito, eu choro, eu sufoco… porque eu sou humana. O medo é talvez a minha maior fraqueza, talvez a faca mais afiada que me corta a pele e me faz sangrar e talvez o que joga o copo de cristal no chão, mas seria eu humana se não tivesse medo? Seria possível eu não ter medo tendo um coração? Não, porque eu sou uma simples mortal.
Não posso fugir aos meus medos e por muitas vezes que tente não consigo fecha-los num baú e deixa-los escondidos num canto do meu sótão, porque eles vão arranjar sempre maneira de escaparem por entre a fechadura e se apoderarem de novo de mim, esta é uma luta que estou cansada de travar, talvez eu não tenha motivo para ter medo ou talvez tenha os motivos todos que possam existir. Não sei, só sei que sou humana e neste momento eu tenho medo.
 21-12-10 - 21h49m


P.s.- Amo-te muito, meu F.

4 comentários:

Catarina disse...

Oh minha querida, eu percebo o que estas a sentir . Esses medos que te vem invandindo é sinal de que os teus sentimentos são fortes e bem verdadeiros. É normal os medos existirem pois isso é sinal de que as pessoas por quem os temos são muito importantes e especiais, mas tenta ter calma .

Beijinho *

AnaM. disse...

ó muito obrigada querida $:

ana. disse...

lindo lindo lindo ♥

simple mind disse...

Oh, são pessoas com mau carácter, tens é de deitar isso para as costas e ser feliz!
Quanto ao teu post, está lindo e já te falei sobre o medo minha querida, toda a força do mundo! Beijo!