Páginas

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

mas que dia.


deitei-me tarde, acordei cedo e acabei por pôr o despertador para 30 minutos mais tarde; soube a pouco esses 30 minutos a mais de sono; levantei-me vagarosamente e passado já algum tempo do toque do despertador; levantei-me, tomei o pequeno almoço... aquele leitinho simples bem quente com uma bola de Berlim, soube bem. Peguei na primeira roupa que me apareceu a frente, vesti-me ; dei um jeito ao cabelo, coloquei o caderno, a calculadora e o estojo na mochila; peguei no casaco e sai porta fora. Lá fora nem estava assim tanto frio; esperei pouco pelo bus enquanto ouvia musica, sentia-me tão cansada.
Chego à bela da terra, e ainda tenho de andar e andar até chegar a escola e quando lá chego a professora estava a faltar, óptimo !
Tenho uma aula por semana e ela falta; liguei a minha mãe a informa-la e voltei para a Avenida e andei para trás e para a frente a procura de corantes para fazer o meu bolo de aniversario depois de muita procura, o senhor El Corte Inglês acabou por me salvar. Senti que ia morrer quando lá entrei , aquele ar abafado quase me deixou sem respiração. Depois de mais de 5 minutos a olhar para a prateleira para me decidir que cores queria, lá peguei no rosa e no amarelo. E tentei sair dali rapidamente. Voltando a rua, perco uma camioneta; tudo bem , não parei naquela paragem e continuei a andar até a próxima e por sorte lá veio outra, até a que costumo apanhar. O motorista deixou-me sair na esquina da minha rua e eu corri um bocadinho, só queria chegar a casa de novo; liguei o pc ; almocei; arrumei a cozinha e preparei uma surpresa docinha para os meus pais, adoro fazer surpresas as pessoas, deixa-me feliz.
Enquanto isso fiz as camas, arrumei a roupa passada a ferro , aspirei o chão ; arrumei a sala ; liguei a musica nas alturas e cantei e ainda levei o cão à rua.
 E agora estou de rastos, apetece-me desligar o mundo. Pelo menos hoje pode ser que consiga adormecer mal me deite, sem pensar em nada antes, e pode ser que durma em paz, sem aqueles sonhos que me têm atormentado. Esta tempestade vai passar, ela têm de passar. Porque no meio de tanto cansaço, tenho uma pessoa na minha cabeça, a mesma de sempre e estou a pensar muito, mas muito nele ... na esperança que ele pense em mim, eu sei que pensa. Agora, vou tentar parar um bocadinho , só por um bocadinho ; responder aos vossos comentários. Obrigado por me lerem !
P.s.- I love you , F.



(Esta é a surpresa *-*
Foi a primeira vez que fiz Cupcakes  )





12 comentários:

Vanessa disse...

têm um aspecto delicioso :p

Catarina disse...

Que palavras mais encantadoras minha querida

Beijinho *

Vanessa disse...

ahah :p vou ver se instalo hoje o photoshop :p

ines disse...

ha dias assim, mas pensa que esta quase a o fim de semana, e aproveitas para descansar (:
e os cupcakes, uaaau que aspecto delicioso!

Raqél Almeida disse...

Querida, na verdade não está fácil! Ele tinha dito que em Janeiro voltava de Inglaterra, e até agora não sei nada dele! :$ estou completamente preocupada, mas ao mesmo tempo sei que estará bem com os pais! Mas acredito que tudo ficará bem, tanto para mim como para ti. É o que mais quero ♥

daniela fernandes disse...

não, não estou :s nem sabia que tinha isso :o

filipa margato disse...

eu acredito em ti querida :b

PauloSilva disse...

Compreendo :3

Oh minha querida esses sintomas são normais para quem ama em demasia :)

márciamoreira disse...

olha cupcakes, ai que eu vejo-os nas cenas onde se vende e babo-me toda *.* mas até dá pena comer xD

e sim sei, ainda da outra vez falamos do nosso nome do meio bé :c
sim 10 meses, a caminho de 11 :$ eu conto-te depois (a)

adoro-te <3

carina rodrigues disse...

espero que melhorem então. :s
de nada! e eu também. (:

joanabogalho disse...

está lindo minha querida.
e não, não sou linda :$
a musica é perfeita ihihi

***Verinha*** disse...

de nada querida :)
nossa, que bom aspecto :D