Páginas

domingo, 11 de dezembro de 2011

last train to home.


estive sentada naquela estação por horas e horas seguidas , lutei contra o meu pensamento com o meu coração e tentei combater todas as minhas dúvidas. eu fiquei lá sentada , sozinha ... por dias afim.
vi passar milhares de rostos e nenhum deles trazia a mesma expressão. vi despedidas e reencontros.
sorrisos e muitas lágrimas, mas eu permaneci sempre com as mesmas expressões como se o tempo passa-se por mim , mas eu não passa-se por ele. tudo me parecia distante e quase perdido, mas eu permaneci sempre com esperança que chegasses no próximo comboio e que pelo meio da multidão fosse a tua fase a única na qual eu repara-se. passaram-se minutos, horas, meses e anos ... centenas de comboios partiram e chegaram e tu nunca vieste em nenhum, nunca vi o teu rosto por entre centenas de pessoas. o tempo trás e o tempo leva. o tempo trouxe-nos tudo e levou-nos ainda mais, por isso é que tu nunca chegas-te como eu tanto esperava. hoje, em segundos... eu embarquei no comboio com destino ao «presente», não quero mais viver no passado, sentada no banco verde daquela estação. não quero viver mais agarrada a memorias que nunca existiram. não estavas lá para me impedir de embarcar sozinha no presente e eu queria , eu queria que tivesses estado naqueles segundos... queria que a tua mão se tivesse entrelaçado na minha e que embarcássemos juntos. mas tu não estavas e eu parti. não penses que com esta viagem te vou esquecer, vou deixar-te apenas onde tu pertences. este foi o ultimo comboio para casa e na bagagem levo apenas o meu coração carregado de sentimentos por ti, sentimentos inacabados. eu ainda te amo, meu amor. e queria tanto, que na próxima estação , tu lá estivesses.

16 comentários:

ana disse...

está lindo querida andreia! espero que estejas bem :$

ana disse...

eu quero-te bem! ao tempo que não falamos :c

ana disse...

acho que tens meu número :b **

c. disse...

então pequena?

AF disse...

Não sei o que passou realmente para as coisas entre ti e ele estarem assim, mas por muito que ainda o ames não fiques agarrada à ideia ou à esperança duma volta. Eu também estou em parte à espera da próxima estação, do próximo comboio... mas o tempo vai passando e continuo a pensar, dar importância e esperar por quem já me esqueceu e isso dói, dói muito.

Um beijinho enorme querida!

- paatý ॐ disse...

está lindissimo *-*
boa sorte com essa viagem*

c. disse...

que se passou princesa? :/

Filipe Ribeiro disse...

mesmo que estiver lá.... não saias. Apenas segue a onde te levar =)
gostei muito *

Filipe Ribeiro disse...

acho. acho que deves continuar independentemente de ele estar lá ou não, porque de certeza que o verás mais vezes entre os rostos desfocados. Simplesmente diz-lhe adeus e ouve qual é a próxima paragem <3

Alice disse...

Muito obrigada princesa <3

AnaM. disse...

exactamente fofinha, concordo ♥
este texto está lindoo *.*

Julia disse...

Oi, Fiquei apaixonada pelo seu blog e lindo =), Virei seguidora!!!

Segue??

http://mundodajulia13.blogspot.com

Bjus cor-de-rosa

Julia disse...

Oi, Fiquei apaixonada pelo seu blog e lindo =), Virei seguidora!!!

Segue??

http://mundodajulia13.blogspot.com

Bjus cor-de-rosa

Dommin disse...

pronto ainda bem :)

cátia neves. disse...

muito obrigada *.*

Alice disse...

Oh, muito obrigada querida <3